Brasil precisa exercer a anarquia para amadurecer sua democracia

0
32

O governo subiu os impostos, as taxas e os tributos, ao ponto de tornar inviável o consumo dos produtos eletrônicos, eletrodomésticos e automobilísticos. Simplesmente, as pessoas não estão consumindo tais utensílios, porque não sobra dinheiro no final do mês, enquanto as contas estão fechando no vermelho, transformando a inadimplência numa bola de neve descontrolada, cujos efeitos afetam a economia nacional e doméstica.

Há outro parâmetro que não vi qualquer jornalista comentar no momento: – O SEDEX e o PAC, que são os serviços de entrega oferecidos pelos correios. Essa semana, deixei de realizar a compra de dois produtos baratos, cuja compra total fecharia em R$36,00, porque o SEDEX ficaria em, aproximadamente, R$46,00. Em suma, eu pagaria mais pelo transporte do que pelo produto em si. Essa dinâmica é aplicada nos correios, nos combustíveis, na energia elétrica, na água, no gás e em tudo que consumimos.

Não me importo em pagar até 40% daquilo que recebo como fruto do meu suor e trabalho, quando é possível ver os valores aplicados na sociedade, através da saúde, educação, segurança e na prestação dos demais serviços públicos, com qualidade. O problema é que o Governo só suga e se recusa em dar a contrapartida daquilo que lhe é obrigado pela Constituição Federal, alegando que Estado deve ter a atuação mínima na economia e nas suas próprias obrigações, aproximando os Poderes Executivo e Legislativo à nobreza do antigo Império Brasileiro, com suas ilustrações, cargos e salários sem sentido para a sociedade.

No final, sou obrigado a expressar algo, que jamais pensei que poderia ser pensado ou escrito: – Acho que precisamos pensar na ausência do Estado na teoria, porque sua ausência já é um fato notório na realidade. Talvez, a solução para a desordem histórica da nossa nação seja a anarquia, lançando a responsabilidade do Poder Legislativo nas mãos dos cidadãos, que falarão por si mesmos, através da internet, tornando desnecessária a existência do poder Legislativo como o conhecemos, com seus deputados e senadores, com seus gabinetes cheios de cargos comissionados, por onde escoam os apadrinhamentos e considerável parte do dinheiro público, que deveria ser investido na saúde, na educação e segurança da nação brasileira.

Historicamente, a imprensa constrói a ideia de que a culpa de todo o caos está na nação brasileira, quando, na realidade, a culpa é única e exclusivamente do Estado, que transforma Presidentes em Reis, Deputados e Senadores em Nobres, colocando o povo na condição de servos e escravos. Logo, os brasileiros não precisam carregar tamanho peso em suas costas.

Por Nadelson Costa Nogueira Junior

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui